Saúde!!!

 Como já foi escrito no “Planejando uma Viagem à Walt Disney World” é imprescindível contratar um seguro viagem ou assistência viagem confiável, e fazê-lo no seu País de origem, onde os preços normalmente são melhores!

Acesse para saber mais – https://viagememfamilia.net/2015/02/15/planejando-uma-viagem-a-walt-disney-world-1/

Mas no que depender de nosso planejamento, você não vai passar apertado! Existem algumas intercorrências, leves, que podem surgir, sem que haja a necessidade de atendimento médico ou hospitalar. Então, sempre é muito útil levar uma pequena farmácia móvel com você, principalmente para quem está acompanhado por crianças.

Dicas importantes:

– É recomendável levar todos os medicamentos que você costuma tomar, e a quantidade suficiente para o tempo que você vai ficar fora. Dica: leve os de uso contínuo na bagagem de mão, para não correr o risco de extravio, juntamente com a bagagem.

– Em caso de medicamentos controlados, leve também a receita médica. Além de facilitar sua compra no exterior, caso seja necessário, elas poderão provar aos fiscais da alfândega a necessidade do tratamento.

– E independentemente dos remédios que você usa, leve medicamentos para toda família como: remédios para dor (analgésicos), um tipo de anti-inflamatório, um antialérgico, antibiótico, medicamento para enjôo, descongestionante nasal, antiácido, remédio para dor de barriga, pomada para picada de inseto, anti-sépticos…

– Comprar remédios no exterior é mais complicado do que você imagina. Há um rigoroso controle de venda de medicamentos nos Estados Unidos e Europa.

– Nos Estados Unidos, apenas vitaminas e produtos naturais estão livres desse rígido controle. Um simples xarope para tosse só pode ser vendido com receita. Na Europa, embora as restrições sejam menores, você também estará sujeito a enfrentar dificuldades e negativas se não tiver em mãos a prescrição médica.

– Europa: Você conhece ou já ouviu falar do Tratado de Schengen?

image

Tratado de Schengen

– O Tratado de Schengen, também conhecido como Acordo de Schengen, foi assinado em 1985 e estabelece regras específicas aos turistas que pretendem visitar alguns países do continente Europeu. O objetivo do acordo é garantir o controle da circulação de visitantes entre os países integrantes.

Atualmente, são 28 países participantes: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça, Irlanda, Reino Unido e Romênia. Três novos integrantes permanecem em fase de implementação: Liechtenstein, Bulgária e Chipre.

Umas das principais determinações do acordo é a obrigatoriedade da contratação de uma Assistência Seguro Viagem que contenha cobertura mínima de € 30.000 para garantir a execução do auxílio médico em caso de doença ou acidente, valor estipulado para atender todos os países pertencentes ao tratado.

* Portanto, para quem está pensando, ou já está de malas prontas para embarcar para o Continente Europeu, certifique-se que está de acordo com as normas exigidas!

E mais…

– Para viajar para Cuba, é obrigatório ter seguro viagem, que pode ser comprado antes de embarcar ou no próprio aeroporto;

– O governo da Austrália exige que estudantes de intercâmbio tenham o seguro-saúde Overseas Students Health Cover (OSHC)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s