Pais viajantes: Filhos viajantes / Traveller parents: Children travelers

Portuguese/English

” Não se mate de trabalhar para dar o melhor aos seus filhos, pois quando crescerem não se lembrarão dos brinquedos caros, e sim dos bons momentos que passaram contigo.”

Um certo dia, li essa frase na internet e a achei tão verdadeira e reveladora que resolvi postá-la nesse momento! É uma frase que me diz – “Opa! Você está no caminho certo.” Eu acho que devemos pensar muito bem sobre isso, principalmente considerando o mundo atual…

Sinceramente não me recordo de todos os brinquedos ou de todas as roupas e sapatos que tive, mais lembro exatamente de todos os momentos que passei com meus pais: as brincadeiras, os almoços em família, os passeios (cinemas, teatros, museus, praias…), as viagens! E essas lembranças ficaram eternizadas em minha vida, inesquecíveis, e fazem de mim o que sou hoje e o que quero ser para os meus filhos!

Aos 18 anos entrei na faculdade e fui estudar fora da cidade do Rio de Janeiro, onde conheci meu marido e com quem estou casada há 20 anos e tenho dois lindos filhos: um de 8 anos e a mais nova de 6 anos.

Viajamos juntos para diversos lugares, desde mergulhar em Fernando de Noronha a esquiar em Pucon, curtir as cachoeiras em Sana (RJ) e contemplar as cataratas de Niagara Falls. Descobrir a Big Apple e voltar a ser criança no mundo mágico da Disney, em Orlando, e assim por diante…

Era assim, voltávamos de uma viagem planejando a próxima! Cada lugar, muitas histórias, muitas lembranças!

Quando nossos filhos nasceram, decidimos fazer deles, cidadãos do mundo. Aprenderiam outros idiomas e conheceriam outras culturas. Conheceriam o mundo! Ou pelo menos parte dele. E quando quisessem, poderiam partir só – estariam preparados!!!

O que era preciso fazer para isso acontecer? Só começar a viajar? Talvez para muitos sim, mais não para nós! Precisávamos prepará-los! Queríamos que eles conseguissem tirar o máximo proveito de cada lugar que fossem!

– O primeiro passo em direção a essas idéias era não termos nenhum tipo de barreira.  E o principal, sermos parceiros! Isso nós já éramos! E há muito tempo!

– Desde que nasceram sentimos a necessidade de desenvolver uma rotina da família! Queríamos desenvolver uma rotina em que estivéssemos ligados as crianças e incluídos um na rotina do outro. Isso facilitaria a vida deles, a vida da família, nos tornaria mais unidos e consequentemente mais felizes e eles mais seguros!

– Porém, é sempre válido lembrar que o estabelecimento de uma rotina deve estar sempre acompanhada de doses de coerência e flexibilidade porque também precisamos ensiná-los a aceitar e a resolver os imprevistos com bom humor!

– Outra questão muito importante é uma boa alimentação, é o comer de tudo um pouco! Comer bem é um grande passo para uma viagem tranqüila e talvez esse seja um dos pontos mais difíceis para a grande maioria!

– Para quem tem dificuldades com o tema, recomendo assistir o programa: “Socorro! Meu filho come mal” da Gabriela Kapim no canal GNT. (http://gnt.globo.com/programas/socorro-meu-filho-come-mal/gabriela-kapim)

– Outra questão importante é criar o hábito de caminhar, crianças precisam andar se não ficam dependentes de carrinhos ou querem se deslocar apenas de carro! Esse é um hábito que é construído aos poucos, mais deve ser iniciado cedo! Crianças que não gostam de andar é porque não foram acostumadas! E para viajar, ser aventureiro e explorar os quatro cantos do mundo, é preciso gostar de caminhar!

– Devemos despertar nas crianças, desde pequenas, o interesse e o gosto pelas artes, freqüentando museus, ouvindo boas músicas, assistindo à bons shows, boas peças de teatro ou mesmo freqüentando aulas de Artes. Existe uma forte influência dos familiares na formação dos hábitos culturais das crianças!

– Introduza na educação de seu filho: livros de arte, vídeos que ajudem na preparação das visitas aos museus.  Por exemplo: “Van Gogh and the Sunflowers” , “The Magical Garden of Claude Monet” são maravilhosos ou o The Art Book for Children que também é muito bom!

– Não adianta ir para Paris, por exemplo, e querer que as crianças amem o Museu do Louvre ou o Museu d’Orsay se nunca freqüentaram os museus em sua própria cidade e não estão acostumadas com esse tipo de programa!

– Os documentários também enriquecem muito os pequenos. Meus filhos adoram assisti-los e os preferidos são: O Mundo em Duas Voltas, da família Schürmann; The Life of Mammals; Planeta Terra e Oceanos.

– Acreditem! Todo esse preparo faz a diferença no futuro de seus filhos, seja como cidadãos, seja como viajantes! Ele estimula a curiosidade e o viajante é um ser curioso!

– E o mais importante é colocá-los cedo na estrada. Viajar é uma vivência que se adquire com o tempo. Eu acredito que as crianças que caem na estrada quando ainda são pequenas, já aprendem a viajar desde cedo e começam a perceber que o mundo é maior que sua casa. Todas essas experiências, quando começam cedo, tornam as crianças ótimas companheiras de viagem no futuro. Quanto mais as crianças viajam mais se sentem seguras diante do mundo! Isso é fato!

Um outro ponto que considero importante e que acrescenta muito na educação de nossos pequenos é a participação deles no planejamento da viagem, que vai desde a escolha do lugar até as atividades que serão realizadas.

Quando são muito novos, devemos conversar de uma maneira mais lúdica, ilustrando com fotos, apresentando o mapa do país e indicando a cidade que será o destino. E a internet, facilita muito esse processo!

Quando estão maiores, devemos mostrar o mapa do país e especificamente da cidade que será visitada, para que as crianças possam entender sobre a localização do lugar, ter noção em relação as distâncias, conhecimento sobre os oceanos, se vão para o norte ou para o sul, leste ou oeste, se vão para o litoral ou interior! Uma aula de geografia!

Com isso você também consegue explicar sobre o clima, sobre a fauna e flora, sem contar, que é uma maneira de enriquecê-los em relação ao passeio que vão fazer. Muitas crianças voltam de viagens sem saber o nome da cidade que foram visitar! Muitas crianças que vão a Disney nunca ouviram falar sobre o Walter Elias Disney. E muito provavelmente não sabem sobre uma frase muito antiga, mais que funciona até hoje no mundo mágico da Disney, “Keep moving forward” (português – “Continue seguindo em frente”).

– Então, uma viagem pode fazer pelas crianças muito mais do que imaginamos! Depende de nós! Depende da nossa abordagem, da nossa disposição em querer informá-los e dividir as experiências!

– A cada viagem construímos a nossa história. Vamos lembrar juntos de episódios que aconteceram apenas com a gente. Testamos juntos a nossa capacidade de adaptação, principalmente em ambientes diferentes – seja por causa da língua, ou seja por estarmos no meio do mato.

–> Quando o nosso primeiro filho fez 9 meses decidimos que era hora de partir com ele para suas primeiras aventuras mundo afora! E a partir daí fomos colocando em prática nossas idéias e nossos ideais! Primeiro destino: Porto de Galinhas – Recife!

Decidimos por esse destino porque achamos que seria um lugar de praia muito agradável, e que ele iria adorar, pois normalmente criança nessa fase ama água! Poderíamos também conhecer a famosa e linda praia de Carneiros e o Centro Histórico de Recife.

IMG_4783

Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre

IMG_4793

Beach Class Resort – Muro Alto

IMG_4798

Beach Class Resort – Muro Alto

IMG_4822

Beach Class Resort – Muro Alto

IMG_4825

Beach Class Resort – Muro Alto

IMG_4863

Beach Class Resort – Muro Alto

IMG_4883

Recife

IMG_4915

Recife

IMG_4917

Recife

IMG_5002

Beach Class Resort – Muro Alto

IMG_5040

Porto de Galinhas – Recife

IMG_5045

Porto de Galinhas – Recife

IMG_5055

Porto de Galinhas – Recife

IMG_5068

Porto de Galinhas – Recife

IMG_5069

Porto de Galinhas – Recife

IMG_5092

Praia de Carneiros – Recife

IMG_5100

Praia de Carneiros – Recife

IMG_5109

Praia de Carneiros – Recife

IMG_5110

Praia de Carneiros – Recife

IMG_5120

Praia de Carneiros – Recife

IMG_5121

Praia de Carneiros – Recife

IMG_5122

Praia de Carneiros – Recife

IMG_5130

Praia de Carneiros – Recife

IMG_5131

Praia de Carneiros – Recife

IMG_5133

Praia de Carneiros – Recife

IMG_5134

Praia de Carneiros – Recife

IMG_5136

Praia de Carneiros – Recife

IMG_5142

Praia de Carneiros – Recife

IMG_5148

Praia de Carneiros – Recife

IMG_5156

Beach Class Resort – Muro Alto

IMG_5167

Beach Class Resort – Muro Alto

IMG_5168

Porto de Galinhas – Recife

IMG_5176

Porto de Galinhas – Recife

IMG_5181

Porto de Galinhas – Recife

IMG_5193

Porto de Galinhas – Recife

IMG_5194

Porto de Galinhas – Recife

IMG_5247

Beach Class Resort – Muro Alto

IMG_5224

Beach Class Resort – Muro Alto

–> E somando à tudo que abordamos acima, uma das maiores alegrias de viajar em família é conseguir umas semanas ou mesmo uns dias para estarmos juntos, sem interferências. Durante a maior parte do ano, cada um tem os seus próprios compromissos, somos consumidos por um turbilhão de coisas a fazer, horários a cumprir, ou seja, uma agenda lotada! Claro que temos os fins de semana, mais ainda assim, é pouco tempo…
Quando estamos em uma viagem, passamos 24 horas por dia juntos, dividindo todas as atividades, ou seja, curtindo todas as refeições, todos os passeios, a família inteira dormindo no mesmo quarto, conversando, trocando idéias, pensamentos…
Temos tempo de prestar mais atenção uns nos outros, conseguimos descobrir coisas novas em nós mesmos e em nossos filhos! Voltamos ainda mais conectados e sintonizados!
Sem dúvida nenhuma, e sem hesitação, e com conhecimento de causa, posso afirmar e reafirmar quantas vezes me perguntarem que: viajar em família é a melhor “viagem” da vida!!!

English

“Do not kill you work to give the best to their children because when they grow up not remember the expensive toys, but the good times you spent with you.”

One day, I read that phrase on the internet and found it so true and revealing that I decided to post it at the moment! It’s a phrase that tells me – “. You are on the right track” I think we should think very carefully about this, especially considering the current world …

Honestly I can not remember all the toys or all of the clothes and shoes that had, more exactly remember every moment I spent with my parents: the games, the family lunches, walks (cinemas, theaters, museums, beaches … ) travel! And those memories were immortalized in my life, memories, and make me what I am today and I want to be for my kids!

At 18 I went to college and I went to study outside the city of Rio de Janeiro, where I met my husband (an amazing person) and with whom I’ve been married for 20 years and have two beautiful children: an 8-year and the youngest of 6 years.

We traveled together to many places, from diving in Fernando de Noronha to ski in Pucon, enjoy the waterfalls in Sana (RJ) and contemplate the falls of Niagara Falls. Discover the Big Apple and be a child again the magical world of Disney in Orlando, and so on …

It was so, we returned from a trip planning the next! Each place, many stories, many memories!

When our children were born, we decided to make them citizens of the world. Learn other languages ​​and would know other cultures. Would know the world! Or at least part of it. And when they wanted to, could leave only!

What was needed to make this happen? Only start traveling? Perhaps for many yes, but not for us! We needed to prepare them! We wanted to they could get the most out of each place they were!

– The first step toward these ideas was not having any kind of barrier. And the main, be partners! This we already were! And for a long time!

– Since birth feel the need to develop a family routine! We wanted to develop a routine in which children we were connected and included one in another routine. This would facilitate their life, family life, become more united and thus more happy and they safer!

– However, it is always worth remembering that the establishment of a routine should always be accompanied by consistent doses and flexibility because we also need to teach them to accept and solve the unexpected with good humor!

– Another very important issue is good nutrition is to eat a bit of everything! Eating well is a big step for a smooth ride and maybe this is one of the most difficult points for most!

– For those who have difficulties with the subject, I recommend watching the program, “Help! My son eats evil “of Gabriela Kapim the GNT. ( http://gnt.globo.com/programas/socorro-meu-filho-come-mal/gabriela-kapim )

– Another important issue is to create the habit of walking, children must walk to get not dependent carts or want to move just drive! This is a habit that is built gradually, more should be started early! Children who do not like to walk is because they were not used! And to travel, be adventurous and explore the four corners of the world, you must like to walk!

– We must awaken in children, from small, interest and appreciation for the arts, attending museums, listening to good music, watching good shows, good theater or even attending Arts classes. There is a strong influence of family in the formation of the cultural habits of children!

– Enter in your child’s education: art books, videos that help in the preparation of visits to museums. For example: “Van Gogh and the Sunflowers”, “The Magical Garden of Claude Monet” are wonderful or The Art Book for Children which is also very good!

– It’s no use to go to Paris, for example, and want the kids love the Louvre or the Musée d’Orsay never attended museums in your own city and are not used to this kind of program!

– The documentary also enrich very small. My kids love watching them and are preferred: The World in Two Round, the Schürmann family; The Life of Mammals; Planet Earth and Oceans.

– Believe it! All this preparation makes a difference! Stimulates curiosity and the traveler is a being curious! And that should be introduced very early, of course!

– And most important is to put them on the road early. Travelling is an experience that is acquired over time. The more children feel safe traveling more to the world! This is a fact!

Another point that I consider important and that adds a lot in the education of our young is their participation in planning the trip, ranging from the choice of place to the activities to be carried out.

When they are very young, we should talk in a more playful way, illustrated with photos, showing the map of the country and indicating the city that is the target. And the Internet, greatly facilitates this process!

When they are larger, we must show the map of the country and specifically the city to be visited, so that children can understand about the location of the place, be aware regarding the distances, knowledge of the oceans, to go to the north or south, east or west, are going to the coast or inland! A geography lesson!

With this you can also explain about the weather, about the flora and fauna, not to mention, it is a way to enrich them in relation to the ride that will do. Many children return trips without knowing the name of the city who were visiting!

Many children who go to Disney ever heard of Walter Elias Disney. And most likely do not know about a very old phrase, more running today in the magical world of Disney, “Keep moving forward” (Portuguese – “Keep moving forward”).

– A trip can make the children more than we think! It depends on us! Depends on our approach, our willingness to want to let them know.

And so we were putting into practice our ideas and our ideals!

When our first son turned 9 months we decided it was time to go with him to his first adventures around the world!

First destination: Porto de Galinhas!

We decided for this destination because we thought it was a very nice beach place, and he would love, because normally this stage child loves water! We could also visit the famous and beautiful beach of Sheep and Recife History Center.

One of the greatest joys of traveling with your family is to get a few weeks or even a few days to be together without interference. During most of the year, each has its own commitments, we are consumed by a whirlwind of things to do, schedules to meet, that is, a busy schedule! Of course we have the weekends, even more so, it is little time …
When we are on a trip, we spent 24 hours a day together, sharing all activities, that is, enjoying all meals, all tours, the whole family sleeping in the same room talking, exchanging ideas, thoughts …
We have time to pay more attention on each other, we can discover new things in ourselves and our children!
Without a doubt, and without hesitation, and knowingly, I can affirm and reaffirm how often ask me: traveling as a family is the best “journey” of life!!!

2 respostas »

  1. Concordo com você, tenho muitas recordações de viagens com meus pais e com meus filhos. É tudo de bom! O que fica na vida, é o que a gente vive. Mas os filhos crescem e depois para viajar, a logística é mais complicada: namorados, amigos e interesses. É a vida! Mas é uma delícia quando do nada eles ligam:
    – Mãe estou estou na Ilha Grande e vou ficar numa parte diferente da que nós conhecemos. Praia deserta do jeito que você gosta e peixinho na brasa. Você iria adorar! Vamos combinar de virmos juntos?
    Mesmo que não role, já valeu a pena. A gente acaba viajando no coração.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s